segunda-feira, dezembro 31, 2007

Adeus 2007

Todo ano é a mesma coisa: começo, meio e fim.
Todo ano quer ser diferente, para alguns é, para outros não.
Todo ano é a mesma saudade, a mesma lembrança, o cheiro do que se foi, de quem se foi.
Que 2008 para mim seja diferente e bom, que ele venha com esperanças de mudanças e término de alguns ciclos, que ele venha forte, com muito trabalho, muita arte, muitos ensinamentos e muito amor.
Que o meu presente de Natal me traga a sorte de um futuro compartilhado com o meu amor e que ele seja duradouro e lindo como o ouro branco do meu anel!

* Saudades das minhas avós queridas, do meu avô, saudades que aperta o peito e dói.
Saudades da vovó Donata, da vovó Nininha e do vovô Adrião.
Saudades de um tempo que tenho tão vivo em minha memória e em meu coração.

Pateta, desenho que fiz para o TNT - personagens de desenho animado.
Usei nanquim, pincel e minha tão querida caneta à nanquim 0,05.

3 comentários:

J. Sena disse...

Virada de ano é sempre assim mesmo Gicelle. A gente pára pra analisar o que fizemos no ano que está acabando, e começamos nossas promessas pro ano que chegará.

Desejo que em 2008 você tenha um ano muito bom, cheio de saúde, amor, paz e sucesso com seus desenhos.

Feliz Ano Novo!

Bah disse...

Acredita que fiz um blog, pq andei lendo o seu?!
rsrsrrsrsrsrsrs

Deu vontade de escrever, mas, eu desisto muito fácil das coisas....
Não sei se vou levar a sério o que tenho em mente para publicar no blog.

=]

Beijos.

Bah disse...

É horrível vc pensar de uma forma, e não poder agir como pensa...pq as pessoas irão repudiar.

Parabéns pra nós pq pensamos diferente!
\O/
rs

Beijos Dona Gi!