quinta-feira, janeiro 29, 2009

"Era complicado falar de si mesmo, ás vezes até tinha vontade, mas parecia que o mundo era ocupado demais, não valia a pena. A impressão que tinha era de que ele era nada, um nada enorme querendo nascer e ser alguma coisa num mundo grande e insensível. Na escola ele era EMO, magro demais, feio demais e zuado por todos até por seus professores. Ele só tinha a si mesmo e aos animais que aí sim eram seus amigos, o fazia sorrir nos piores momentos. Tudo era dificil, complicado, demorado demais..."



Estudo para pintura - sketch

4 comentários:

pri.scila disse...

Oi Gi.. que legal seus comentários no meu blog. Quem vai entender essa minha vida doida...Mas é isso mesmo... a gente descompreende as injustiças desse mundo. Mas prossegue!

Um abração...

Pri! disse...

Gi... depois posta a imagem desta pintura pronta. Seu estilo é muito bacana. Sinto falat da cor, mas adoro textura gráfica. Conclua sim? Tenho certeza que vai ficar ótimo. E muito obrigada por comentar no meu blog, isto me ajuda muito a continuar a produzir rsrs Abraço.

A FANTÁSTICA FÁBRICA DE SONHOS ILUSTRADOS disse...

Convivo com algumas dessas histórias em minha família.De um outro jeito mas semelhante.
Belo sketch e de muita carga emotiva. Parabéns!! Mesmo que não acompanhasse o texto continuaria a ser forte!

Laise disse...

Oi Gi, antes mesmo de ter um blog eu ja acompanhava o seu. Agora farei isso constantemente. Amooo seu trabalho! Parabéns por tudo. Que 2009 seja seu ano.