quinta-feira, junho 09, 2011

Ele não entendia algumas coisas e era assim desde sempre... aquelas palavras sempre soltas, as pessoas falando e o barulho. Um dia pensou que podia voar, sonhou que se jogava de um prédio bem alto, e que não caia... voava... Era assim a sua vida, cheia de sonhos, paixões não correspondidas, amigos imaginários e mais sonhos ainda.
Até que ele conheceu a garota mais linda e de repente ela o entendia e podia ver quem ele era só de olhar em seus olhos, e ele chorava porque até então nem acreditava em seus sonhos...
A garota foi deixando um pouquinho dela em tudo que era dele, na casa, nas roupas, lençóis, na pele, na vida... e aos poucos ela foi sumindo, se desfazendo nos olhares que trocavam e num sorriso ele notou, ela já não estava lá...
Até hoje ele a procura, olha sempre nos cantos da casa, embaixo dos tapetes, dentro do armário e nada... um dia ele lembrou de procurá-la no lugar mais escondido e não a encontrou: dentro do coração...

Texto e desenho de Gicelle Archanjo

4 comentários:

Anônimo disse...

Aê!!! Um novo post pros fãs. Valeu!

Dayane disse...

Achei tão triste...Tomara que um dia, ela se encontre inteira, sem perder tantos pedaços e ele se encontre com os pés mais no chão, sabendo que para voar,precisamos sempre de duas asas.

Pri Rodrigues disse...

lindo post Gi!
Acho esse desenho lindo tb!
Adorei nossa conversa e tou mega feliz por ti;.
Bjões!

Mariana disse...

Que bonito Gi! Não sabia que vc escreve tão bem qto desenha. Um beijo e saudade.